• As oficinas de Teoria Musical são divididas em Notação Musical, Intervalo, Escala, Solfejo, Percepção, Introdução a Harmonia e Estilos Musicais.
  • Aulas ao vivo serão para tirar dúvidas, e o conteúdo será disponibilizado para video-aulas. As atividades são voltadas para a criação musical com duas apresentações musicais. Por isso, é super importante a participação de todos, iniciantes e avançados.
  • Cada tema é dividido em oficinas que possuem vídeo-aulas, aulas ao vivo, material didático e exercícios interativos. O ideal é seguir a sequência indicada pela ordem dos temas. 
  • Cada atividade possui uma nota vinculada a uma competência. Vocês já receberam o plano de aprendizagem com as competências que vocês vão adquirir. Isso é especialmente importante para quem quer receber o certificado.
  • O plano de aprendizagem ainda não está completo, portanto não se preocupem caso vocês vejam que falara algum curso no plano de aprendizagem. 
As oficinas até compasso já estão todas disponíveis, as oficinas a partir de Intervalo, serão disponibilizadas de acordo com o calendário enviado ao grupo do whatsapp. 
Conto com vocês!


Como navegar pelas aulas?
   

 


Muito mais do que estrutura musical, teoria musical é um grande aliado da performance. As aulas de teoria ensinam focam no básico do ensino musical como o conteúdo essencial para um curso de 1 ano para iniciantes com exercícios práticos e interativos para treinar e aprender. 

 

 

Você sabia que um dos maiores problemas que impedem o avanço musical é a pulsação? Um elemento essencial para o músico, tão simples de aprender, porém nem tão fácil de se colocar em prática!



Semibreve, mínima, semínima, colcheia, semicolcheia....será que é só isso que se tem a dizer sobre figuras rítmicas?



Você pode aprender duração das notas de várias formas. Basta ler qualquer livro de teoria musical para se certificar de que há uma forma padrão de aprender. Entretanto, nessa aula, vamos além! Como é um curso feito por musicóloga então não pense que você vai cair no senso comum. Aproveite para aprender o que todo mundo sabe e um pouco mais!



Uma aula detalhada sobre a construção rítmica cheia de significados!

Continuação da aula introdução ao compasso, estudaremos a construção dos compassos simples, alguns estilos musicais relacionados à eles, a relação com forma musical e claro, com a performance

Continuando as aulas sobre compasso.

Para que 7 notas (ou melhor, 12), consigam se reinventar durante séculos, sem cansar, e tornar a vida melhor, é necessário um sistema muito, mas muito bem elaborado como a estrutura musical, que permite uma variedade infinita de combinações. 

Nessa aula vamos ver um dos elementos que contribui para a flexibilidade dos elementos musicais em relação à melodia.


Muita prática de leitura!

Muita prática de leitura!

Intervalo, o embrião da melodia

Um dos elementos que permite a diversidade melódica é a variação da altura. Nessa aula vamos ver como essa variação ocorre nos intervalos compostos

Formação das escalas maiores com bemóis e sustenidos, armadura de clave, tom e graus da escala. Essa aula fala também sobre aspectos performance em relação à tonalidade.

A profundidade das escalas menores é um dos principais motivos para tornar possível a enorme variedade de gêneros e estilos musicais. Afinal, com essa aula já vamos saber que música não é feita apenas com 7 notas (ou 12).

Solfejo é fazer da sua voz um instrumento musical. Cantar lendo partitura.. Não é uma maravilha? Uma aula que se desenvolve por níveis de dificuldade com muitos exercícios para você não sair da prática.

Essa é uma aula prática, que permite a formação coral entre outros tipos de criação musical. Além disso possui graus de dificuldade mais avançados.

Apresentação com composições, criações, colagens sonoras e muita criatividade!

Geralmente, dá-se mais importância à melodia do que ao ritmo. Por estar no pano de fundo de uma música, o ritmo muitas vezes é negligenciado. 

Acontece, que na hora de interpretar a maioria dos estudantes possui falhas consideráveis na pulsação musical. Uma boa execução rítmica vai resolver muitos dos problemas de performance que muitos não sabem de onde vem.

A aula de percepção melódica ajuda na afinação, melhora a leitura e desenvolve a consciência dos elementos presentes em uma música com diversas camadas de sons e timbres.

Acorde. Um elemento tão corriqueiro e essencial na música atual que parece até que foi criado pela natureza. Só que não! Esse rei da música é o resultado de uma mudança de perspectiva musical que ocorreu no início do período Barroco. Nesse período, nasce a harmonia _ divisora de águas.

Nessa aula, vamos ver a formação de acordes, inversões, a sua importância e um pouquinho escrita cifrada.

O mundo dos sons musicais sempre foi carregado de significado e muito há escrito sobre o assunto em diversos períodos. Funções harmônicas trata da correspondência entre os sons musicais dentro do contexto da harmonia. 

Em um nível mais avançado, aborda a correspondência com as emoções com algo que se costuma chamar de discurso musical. Outra maravilha da natureza!